Diferenças entre sensualidade, erotismo e pornografia.

Sensualidade e pornografia são assuntos ligados a conceitos que podem variar de cultura para cultura.
Se fizermos uso de um dicionário termos para sensualidade:
Propriedade do que é sensual / Inclinação pelos prazeres dos sentidos; amor das coisas ou qualidaes sensíveis / Luxúria; lubricidade; lascívia; libertinagem: viver na sensualidade.
Para pornografia temos:
Tudo que se relaciona à devasidão sensual; obscenidade, licenciosidade; indecência / caráter imoralidade publicações , gravuras, pinturas, cenas, gestos, libidinagem.
E para erotismo temos:
"Caráter daquilo que é erótico". Sendo que erótica é: "Que se refere ao amor: as poesias eróticas de Catulo / Que se refere ao amor sexual; lubrico, lascívio."
Nota-se que os conceitos oferecidos são passíveis de confusão. Mas que, sensualidade e erotismo têm algumas coisas em comum que os direferem de pornográfico. Diante disso, nossa insistência de que o conceito de sensualiade, erotismo e pornografia tem que ser obsevados diante de adaptações culturais e carece, em certas ocasiões, como nesse site, de maior esclarecimento.
Uma boa explicação para diferenciar sensualidade, erotismo e pornografia encontramos com o professorer Sebastião Costa Andrade que é  mestre em Ciências Sociais e Doutor em Sociologia (Universidade Federal da Paraíba). É professor titular na Universidade Estadual da Paraíba. Faz pesquisa sobre sexualidade, idoso e novas tecnologias. Quem o entrevistou foi o site Antropologia.com   acompanhem abaixo a parte que mais nos interessa.
Interrogado sobre:
"CVA - Sexualidade, Amor, Pornografia e Erotismo são temas tratados no teu livro. Dá pra conceituar e distinguir cada um deles?"
Ele nos diz:
"Prof. Sebah - Esta não é uma questão fácil de responder. Esses conceitos são complexos e de sentidos e significados múltiplos. Demarcar o território do erotismo e da pornografia é uma tarefa arriscada. Vou tentar mirar apenas nos fenômenos do erotismo e pornografia, já que incluir o amor e a sexualidade demandaria muito espaço. Podemos dizer, em linhas gerais, que há alguns traços singulares entre o erotismo e a pornografia que nos possibilitam estabelecer uma diferenciação razoavelmente aceitável. Uma das diferenças mais comuns diz respeito ao "teor" mais nobre do erotismo, em contraposição com o caráter "vulgar" da pornografia. O que confere esse grau de nobreza ao erotismo é o fato dele não se vincular diretamente ao sexo, enquanto que a pornografia encontra no sexo e na sexualidade seu espaço privilegiado. Dessa forma, o erotismo estaria mais próximo do sexo implícito (portanto aceitável) e a pornografia do sexo obsceno, direto, explícito e comercializável. Porém, distinções desta natureza podem nos conduzir a práticas preconceituosas! Afinal de contas, erótico ou pornográfico, depende dos contextos histórico, cultural ou moral onde esses fenômenos estão inseridos."
Nas palavras do professor acreditamos que há traços singulares entre erotismo (sensualidade) e pornografia , sendo o primeiro ligado mais ao teor nobre enquanto a pornografia está mais próxima do vulgar. 
Claro que de nada adiantará justificativas e fundamentações se a cultura não for levada em conta. Assim, esse conceito que tentamos explicar é adaptado para nossa sociedade ocidental, um islâmico, por exemplo, teria uma outra interpretação.
O assunto não se esgota facilmente, na rede podemos encontrar váris escritos que tratam do assunto, alguns deles serão indicados aqui.

Referências:
Enciclopédia e Dicionário Ilustrado. Koogan/Houaiss. Rio de Janeiro:Edições Delta,1994.

Sugestões de leitura:



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...